Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Conservação e Restauro
Início do conteúdo da página

Conservação e Restauro

Publicado: Segunda, 25 de Fevereiro de 2019, 10h56 | Última atualização em Segunda, 25 de Fevereiro de 2019, 10h56 | Acessos: 217

A preservação constitui um dos principais eixos da existência das instituições museais, sendo uma função fundamental que se articula tanto à pesquisa quanto à comunicação. A musealização, como dispositivo preservacionista, converge para o prolongamento, no tempo e no espaço, de certas evidências do humano e da natureza valoradas como bens culturais, portanto, patrimônio das comunidades, povos e nações a eles relacionadas.

Preservar o patrimônio museológico implica uma atuação ativa e consciente com vistas a garantir a integridade material e simbólica dos bens protegidos através da musealização. Ações de conservação, restauração, documentação, dentre outras, são imprescindíveis nesse processo, devendo ser conduzidas por profissionais devidamente habilitados e com conhecimento para a realização de procedimentos que possibilitem a salvaguarda e difusão das informações e valores socioculturais vinculados aos objetos de museu.

Nesse sentido, A Divisão de Museologia, através de seu Setor de Conservação e Restauro, busca garantir que os acervos sejam preservados. Atualmente as atividades de restauro estão suspensas por falta de profissional capacitado, estão sendo realizadas, portanto, pela equipe de museologia, ações de conservação preventiva, como controle ambiental, acondicionamento adequado dos acervos em reservas técnicas, monitoramento de equipamentos, higienização mecânica, entre outras.

Fim do conteúdo da página